quinta-feira, fevereiro 22, 2007

PALIÇADA

É uma estrutura linear, aplicável quando se pretende obter a consolidação superficial de taludes com declives suaves. Tem um método construtivo bastante simples, onde se sobrepõem vários troncos de madeira por trás de fortes estacas verticais previamente cravadas no terreno.

A realização desta obra surgiu na sequência da construção do muro de suporte vivo referido no post anterior. Mais uma vez deixo um agradecimento ao Patrício pelo cedência do terreno e ajuda na mão-de-obra... Esta foi fácil, mas mais virão...

Em baixo apresenta-se um esquema exemplificativo da construção de uma paliçada.

Saudações Verdes

Aldo Freitas

5 comentários:

Luis Marques disse...

Uma boa alternativa a construção "tradicional" se é assim que possamos chamar.Poderiam me dar alguma informação onde existem cursos de biofísica ou os seus semelhantes em Portugal?Pergunto isto pois vi numa das entradas do blog que na Europa esta área tem várias denominações.

Obrigado pela vossa atenção.

Anónimo disse...

ehOlá,Luís

É sempre de realçar o interesse demonstrado no que diz respeito às intervenções de baixo impacte ambiental, no espaço!

Em Portugal, este tema é abordado mais especificamente pela Licenciatura em Engenharia Biofísica-Ordenamento e Gestão Ambiental (acreditada pela Ordem dos Engenheiros), leccionada a nível nacional apenas na Universidade de Évora, correspondendo à especialização: "Projecto Construtivo em Engenharia Biofísica" (consulte: http://www.dpbp.uevora.pt e http://www.neb.uevora.pt/).

Com os melhores cumprimentos e disponíveis para qualquer justificação e apoio,

Vasco Rocha

Aldo Freitas disse...

Lamentavelmente o curso de Engenharia Biofísica - Ordenamento e Gestão Ambiental, leccionado na Universidade de Évora, cessou actividade este ano lectivo. Esta licenciatura facultava aos seus alunos uma forte aprendizagem no domínio da recuperação ambiental de áreas degradadas com técnicas de engenharia biofísica, embora tenha sido ao longo do seu tempo de vida, a saída profissional que menos seguidores teve. No entanto, nos dois últimos anos teve uma maior afluência, e talvez seja por isso que hoje se ouve falar mais nesta tipologia de intervenção.
Hoje, ainda é possível encontrar a ser leccionada, a disciplina de técnicas de engenharia biofísica no curso de Engenharia de Ordenamento dos Recursos Naturais e Ambiente, na Escola Superior Agrária de Castelo Branco.

Luis marques disse...

É pena verificar que neste pequeno rectângulo ao pé do Atlântico, certas áreas são simplesmente descartadas ou por ignorância ou porque não estão na moda.

Principalmente numa área que ajuda no desafio do século XXI , da harmonia entre o Homem e a Natureza, satisfazer as nossas comodidades e ao mesmo tempo preservar o meio ambiente.

Agradeço imenso a vossa ajuda pois significa que ainda existem alguns que rumam contra a maré.

Continuarei atento a este excelente blog e os vossos projectos.

Mais uma vez obrigado.

Susana Tápia disse...

Olá estimados,

Estava a sondar pela net se existiria em Lisboa algum Mestrado ou Pós-Graduação em TEN (ou mesmo um mestrado ou pós-graduação em área similar de modo a poder fazer uma tese em TEN) mas não vou ter sorte, pois não? E se calhar só mesmo lá fora certo? (alguns em Itália conheço mas queria ficar no país...)

Podiam-me só confirmar se não existe mesmo em Portugal?
(É que estou a pensar fazer um mestrado e esta seria uma das minhas áreas de interesse).

Obrigado e, como dizem vocês:
Saudações Verdes :)
Susana/Lili (Biologia pela U.É.)