sexta-feira, outubro 23, 2009

Estabilidade de Taludes em Rochas Silto-Argilosas


Olá a todos,

encontra-se disponível para download a tese de mestrado da Geóloga Lina Matos, intitulada "ESTABILIDADE DE TALUDES EM ROCHAS SILTO-ARGILOSAS - TÉCNICAS DE REMEDIAÇÃO PARA ROTURAS SUPERFICIAIS".

Resumidamente, esta tese fala sobre os diferentes tipos de deslizamentos de terra, das medidas de estabilização a adoptar, sobre as diferentes intervenções de protecção, correcção, reforço e drenagem, realçando também um capítulo dedicado aos vários tipos de técnicas de engenharia natural que se podem utilizar na resolução destes problemas.

Quero aqui deixar um especial agradecimento à Lina, pelo interesse demonstrado nesta área, mas sobretudo pelo enorme esforço e dedicação que revelou ter durante a elaboração da tese.

Saudações Verdes
Aldo Freitas


4 comentários:

Lina disse...

Muito obrigada pelas palavras Aldo.

Sem ti, esta tese nao teria sido nada do que é :)

Beijinhos,

ps - eu nao sou engenheira :D sou geóloga, ih ih.

Aldo Freitas disse...

Peço desculpa Lina! Prometo que não te volto a "ofender"!! :) Já corrigi o texto, enfim... o que interessa é que não são os títulos que fazem as pessoas, certo...?

OLima disse...

Vai merecer referÊncia no Ondas3 de amnhã. Octávio lima (ondas3.bogs.sapo.pt)

RKG AMBIENTAL disse...

Visite e divulgue nosso blog!..
As informações que estamos divulgando em nosso blog são de interesse do público em geral e representam uma proposta séria para abordar a questão ambiental.
Este trabalho foi rompido, os projetos engavetados e os sonhos foram desfeitos.
Perguntamos: se o público em geral, as comunidades do entorno, a população da região, todos enfim aplaudiram nossos projetos, por qual motivo eles foram paralisados? A quem interessa esta situação? Sabemos quem está perdendo com este gesto de insensibilidade sócio-ambiental. Mas quem está ganhando? Sério: quem sai ganhando nesta história?
Temos que estar alertas. O ecossistema que estamos tentando preservar sofreu a destruição durante muitas décadas. Agora querem destruir nossa capacidade de realização, nossa criatividade e nossos empreendimentos.
É hora de começarmos a preservar também nossas consciências, nossas inteligências e nossa cidadania.
Um abraço
Nonato Jácome.
http://parqueriodoce.blogspot.com/