terça-feira, março 10, 2009

Olá a todos,

Tomei ontem conhecimento que o blog Engenharia Verde tem vindo a ser copiado quase integralmente por um blog chamado “Blog Ambiental”, o qual podem consultar em: http://pedrotruth.blogspot.com/

Sabendo que a nossa página pode ser acedida por qualquer pessoa que consulte a Internet, nada vos impede que de aqui retirem o que quer que seja. Aliás, o nosso objectivo principal sempre foi, e sempre será a divulgação deste tipo de técnicas. Pedimos apenas que caso retirem e usem alguma da informação constante no blog, que tenham o bom senso de fazer referência à fonte, tal como nós fazemos quando retiramos informação de um outro site ou de qualquer artigo ou manual, como mandam as boas regras das referências bibliográficas.

Infelizmente ainda não tive o prazer de conhecer o Brasil, nem o Rio dos Sinos, mas fico contente por também lá terem tido a feliz ideia de fazer a recuperação de uma margem fluvial quase “idêntica” ao projecto que fiz em Rio de Couros, bem pertinho de Ourém em Portugal!

Para quem estiver interessado em conhecer alguns exemplos de intervenções de Engenharia Natural no Brasil, poderão consultar o blog Bioengenharia de Solos, dos autores fidedignos Miguel A. Durlo e Fabrício J. Sutili.

Saudações Verdes (copy/paste do Blog Ambiental) :)

Aldo Freitas

4 comentários:

Sirius disse...

Bastante constrangedora esta situação. Falta coerência: como posso realizar algo magnânimo se me aproprio de forma velada?

Lamento muito

Mas, continue com sua ação, como habitante deste planeta, agradeço muito sua disposição em informar.

Um excelente dia!

Felipe Marques disse...

Olá Aldo,

Sou brasileiro, de Foz do Iguaçú (Terra das Cataratas do Iguaçu), tenho acessado o seu blog com maior frequência nos últimos meses e acho interessante haver uma troca metodológica entre nossos país em relação à engenharia verde, porém, como vc disse, devemos explicitar que há um troca, através das indicações de fontes. Tanto na aplicação de metodologias nossas aí como a de vocês por aqui, exigem algumas adaptações, visto algumas diferenças de solo e clima que temos. E é aí que vejo o maior ganho para os profissinais de E.V.

Grande Abraço, continue com boas postagens

Anónimo disse...

Caro Aldo, sou Fernando Andrade e fiquei muito triste com o problema e posso dizer que você sempre ajuda todos que trabalham com engenharia natural.
Peço desculpas com ocorrido pois foi no Brasil.

Saudações Verdes.

Engenharia 10 disse...

Também tenho um site www.engenharia10.net e odiaria se acontecesse isso comigo. Achei que teve uma postura muito diplomática com relação à isso... Parabéns pelo seu blog amigo.