domingo, janeiro 15, 2006

CAMPOS DE ACTUAÇÃO


- Controlo de erosão em escarpas e taludes;

- Sistematização de zonas atingidas por deslizamentos de terreno;

- Sistematização e correcção fluvial (estabilização de margens);

- Enquadramento paisagístico de redes viárias (taludes de estradas e linhas de caminhos de ferro);

- Consolidação de escarpas costeiras.

3 comentários:

trabalhadorvermelho disse...

E possivel adaptar esta engenharia as dunas?
e uma engenharia muito interessante nao haja duvida.
.Abracos Engenheiros verdes.

Pedro Martinho disse...

Boas!

Sim é possível adaptar este tipo de técnicas em dunas. As mais usuais são as paliçadas de retenção de areia, que normalmente são acompanhadas da plantação de espécies autóctones. As paliçadas podem ser construídas quase exclusivamente com canas o que torna esta solução bastante simples e económica. A escolha das espécies a plantar deverá sempre ter em conta a zona dunar onde se vai intervir, sendo que, se se tratar de reter areia na zona da crista da duna embrionária, a plantação de Ammophila sp. é uma óptima solução devido à flexibilidade dos seus caules, (exercem pouca resistência á acçao do vento)e à sua boa capacidade de retenção de areia.

Pedro Martinho disse...

Como informação adicional experimenta visitar www.wwf.it/Lazio/documenti/tes%20II%20def.pdf